NÓS LIGAMOS PRA VOCÊ!

Diamante: Uma lembrança eterna

Diamante: Uma lembrança eterna

Por muitos anos, as homenagens póstumas eram limitadas. Como os falecidos normalmente passavam pelo sepultamento tradicional, a única opção que restava era levar flores nos cemitérios em dias especiais, o que tornava o processo de luto ainda mais doloroso. O crescimento da cremação no Brasil abriu novas possibilidades de homenagens, e ao mesmo tempo, trouxe às famílias a oportunidade de melhor expressar seus sentimentos.

O que fazer com as cinzas após a cremação é algo que deve ser refletido em cada uma das famílias, levando-se em consideração também o desejo da pessoa falecida. As homenagens mais comuns foram por muitos anos os espargimentos, que é a distribuição das cinzas em locais que possuem um significado para o falecido. Mas com a modernização do setor funerário, hoje existem diversas possibilidades de homenagens.

O Crematorium Vaticano em parceria com a Algordanza, empresa localizada na Suíça, disponibiliza aos seus clientes a possibilidade de transformar as cinzas de seus entes queridos em diamante. A pedra é criada a partir do carbono extraído das cinzas, técnica que a Algordanza é especialista. A ideia de transformar cinzas em diamantes surgiu em 2003, mas o processo de criação de diamantes sintéticos já existe desde 1960.

Para produzir um diamante são necessárias aproximadamente 500g de cinzas. Com o carbono isolado ele é transformado em grafite e posteriormente introduzido em um sistema que recria alta pressão e temperatura, tornando o ambiente perfeito para a conversão do carbono em diamante. O tempo de produção varia de acordo com o tamanho desejado da pedra, mas a partir do pedido de produção o cliente recebe em aproximadamente três meses o diamante lapidado.

A coloração da pedra pode variar de acordo com o estilo de vida do falecido, podendo ser transparente ou ainda possuir tons de azul. O diamante produzido em laboratório recebe um certificado de autenticidade, garantindo a qualidade e o valor da pedra.  Com o diamante é possível contratar um joalheiro de sua confiança e produzir pingentes, anéis ou a sua jóia preferida.

O diamante tornou-se símbolo de pureza, perfeição e durabilidade, portanto, homenagear com um diamante é imortalizar as memórias de quem partiu e demonstrar que jamais serão esquecidas.

Saiba mais, clique Aqui.

Conheça também os Cristais Memoriais, clique aqui

Todas as notícias

NÓS LIGAMOS PRA VOCÊ!

Portal Vaticano 2018 © Todos os direitos resevados | Por: Agência Nectarina