Curitiba: 41 3019-3006 | Bal. Camboriu/SC: 47 3361-0400
Palhoça: 48 3242-3009 | Florianópolis/SC: 48 3236-3006

Perguntas e respostas: Tire suas dúvidas sobre cremação

Perguntas e respostas: Tire suas dúvidas sobre cremação

O que você quer saber sobre o processo de cremação? Quais suas dúvidas sobre cremação? Neste post, listamos as perguntas mais frequentes com suas respectivas respostas. Lembrando sempre que em caso de dúvidas sobre cremação e sobre serviços, instalação, procedimentos e planos, a equipe do Planos Vaticano está à disposição online no site.

Valores

Contratando o plano preventivo, o preço da cremação é de R$ 3.100,00 (valor de fevereiro de 2018; consulte para conferir possíveis alterações). Neste preço, além das vantagens financeira e emocional,  estão incluídos os seguintes serviços:

  • Cerimônia de despedida com orador e chuva de pétalas;
  • Assessoria para documentação necessária;
  • Atendimento 24h;
  • Cremação no Crematorium Vaticano;
  • Urna para cinzas.

Condições de pagamento

O plano preventivo de cremação pode ser parcelado no cartão de crédito em até 36 vezes

Entenda o processo de cremação

No Crematorium Vaticano, o caixão com o corpo é colocado no forno de alta tecnologia, já sem as alças e outros metais. No processo, por causa do fogo e das altas temperaturas, todo o corpo é reduzido a fragmentos de ossos e pó (em forma de cinzas) enquanto todo o material do caixão é consumido, sem deixar resquícios.

Cremação e a religião

Não há impedimento religioso em relação à cremação por parte da Igreja Católica, dos evangélicos, dos espíritas e dos hindus. Mas há apenas algumas recomendações para a realização do processo.

  • Igreja Católica – cremação autorizada, desde que as cinzas sejam respeitadas e os motivos pela escolha sejam cristãos.
  • Evangélicos – não há proibição, mas os mais tradicionais costumam optar pelo sepultamento pela cremação não ser representada no Velho Testamento.
  • Espiritismo – pede-se um período de 72 horas entre a morte e o início da cremação pela crença de que o espírito pode manter uma ligação com o corpo após a morte neste espaço de tempo.
  • Hinduísmo – religião mais favorável à cremação não fazem qualquer orientação contrária ao procedimento.

O que fazer com as cinzas da cremação?

Após a cremação no Crematorium Vaticano, as cinzas são entregues à família em uma urna. Para quem desejar espalhá-las no mar, por exemplo, pode-se usar urnas biodegradáveis. Mas também é possível transformá-las em diamante ou em uma peça cristal, opções oferecidas pelo Crematorium Vaticano. Outra possibilidade é guardar a urna com as cinzas em uma das Salas de Memória que ficam nas unidades Vaticano do Paraná e de Santa Catarina.

Como autorizar a cremação?

A recomendação é que a pessoa informe seu desejo de ser cremado aos familiares verbalmente, mas também por meio de uma Declaração de Vontade escrita de próprio punho, assinada e com reconhecimento em cartório. Desta forma, a autorização ficará sob responsabilidades de familiares de primeiro grau (cônjuges, pais, avós, filhos, netos ou irmãos), maiores de 18 anos. A família precisa registrar em cartório uma escritura pública com a informação que o parente escolheu ser cremado.

Conforme a lei nº 6.216, de 1975, a cremação de cadáver somente será feita daquele que houver manifestado a vontade de ser cremado ou no interesse da saúde pública e se o atestado de óbito houver sido firmado por dois médicos ou por um médico legista e, no caso de morte violenta, depois de autorizada pela autoridade judiciária. Pela lei, são obrigados a fazer declaração de óbitos:

– O chefe de família, a respeito de sua mulher, filhos, hóspedes e agregados;

– A viúva, a respeito de seu marido, e filhos, hóspedes e agregados;

– O filho, a respeito do pai ou da mãe; o irmão, a respeito dos irmãos e demais pessoas de casa;

– O parente mais próximo maior e presente;

– O administrador, diretor ou gerente de qualquer estabelecimento público ou particular, a respeito dos que nele faleceram, salvo se estiver presente algum parente em grau acima indicado.

Na falta de pessoa competente, a que tiver assistido aos últimos momentos do finado, o médico, o sacerdote ou vizinho que do falecimento tiver notícia; ou a autoridade policial, no caso de pessoas encontradas mortas. A declaração poderá ser feita por meio de preposto, autorizando-o o declarante em escrito.

Vantagens da cremação

Um dos motivos que o número de cremações tem aumentado está no fato da falta de espaço em muitos cemitérios. Junto com isso, há um maior esclarecimento das pessoas sobre todo o processo de cremação e isso ajuda a ver esta como um opção viável e adequada na despedida do ente querido. Por fim, a questão financeira pesa também na decisão, não há custos mensais de manutenção.

Prevenção

Para evitar estresse e até dificuldades financeiras no momento em que se perde o ente querido, a recomendação é antecipar sua decisão pela cremação. Para isso, informe-se sobre o crematório, conheça as instalações, busque referências e faça sua escolha pelo plano mais indicado. O Crematorium Vaticano está à disposição para tirar suas dúvidas sobre cremação e apresentar mais detalhes sobre todos os serviços e custos.

Mais dúvidas sobre cremação? Preencha o formulário abaixo.


Todas as notícias

NÓS LIGAMOS PRA VOCÊ!

Como conheceu a Vaticano?*
Portal Vaticano 2018 © Todos os direitos resevados | Por: Agência Nectarina