Cremar ou incinerar seu pet? Saiba qual é a diferença!

Cremar ou incinerar seu pet? Saiba qual é a diferença!

A princípio, muitos acreditam que cremação e incineração têm o mesmo significado. Mesmo que os dois processos tenham semelhanças por se transformarem em cinzas, é importante destacar que existem pontos importantes que diferenciam um procedimento do outro.

Os que optam pela cremação podem ter a opção de guardar as cinzas do animal em urnas específicas, incrustar as cinzas em pingentes de cristais, colocar em vasos de plantas, entre outras opções, pois o processo é específico e tem como característica não usar nenhum outro elemento, ou seja, o processo é realizado sem mistura de outros materiais e pode ser feito de forma coletiva ou individual.

Aqueles que optam por incinerar o corpo do companheiro fiel não poderão guardar as cinzas, porque a incineração é um processo de queima que, além do bichinho de estimação, é acrescentada de dejetos, resíduos, lixo e outros materiais de uma só vez, até a redução em pó. Na incineração não há cinzas puras, genuínas do animal.

Crematório Pet Vaticano: Busque sempre a melhor opção

No Crematório Pet Vaticano é possível fazer a cremação de cachorros, gatos, pássaros ou seja qual for o seu bichinho de estimação em forno específico para animais, dentro de critérios e padrões exigidos por lei. Sem contar que a despedida será digna e muito especial, sendo possível ainda transformar as cinzas em pingentes de cristais e até em diamantes, como fez o cantor Latino após a morte do macaquinho Twelves.

Quer saber mais sobre o Crematório Pet Vaticano? Acesse a página especial sobre o serviço ou se preferir, entre em contato.

Todas as notícias

NÓS LIGAMOS PRA VOCÊ!

Como conheceu a Vaticano?*
Portal Vaticano 2018 © Todos os direitos resevados | Por: Agência Nectarina