post-capela-floripa

Crematorium Vaticano inaugura Capela de Velórios em Florianópolis

Ao lado do Cemitério Municipal, no Itacorubi, local, que abre ao público no dia 30 de março, irá realizar cerimônias e homenagens, e visa facilitar o momento doloroso da despedida

O Crematorium Vaticano, com sedes em Balneário Camboriú e Curitiba, inaugura no dia 30 de março uma estrutura em Florianópolis (SC). Ao lado do Cemitério Municipal São Francisco de Assis, no Itacorubi, o local, de 323 m², terá um auditório para cerimônias e homenagens, além de uma sala de memórias para as famílias que optarem por guardar as cinzas do ente querido no local. O objetivo, com a nova unidade, é oferecer todo o suporte necessário às famílias de Florianópolis e região que optam pela cremação.

plano-capela3Segundo Mylena Cooper, diretora do Crematorium Vaticano, apenas a cremação não será feita no local. “Após o velório, é feita a cerimônia final – com a chuva de pétalas de rosas sobre o caixão e o fechamento das cortinas. Nossos rituais, cerimônia e auditório foram estudados por um grupo de 14 psicólogos especializados em perda, para que, além de prestarmos uma homenagem à vida de quem deixou saudade, possamos auxiliar a família no processo de luto”. Mylena explica que o acompanhamento do transporte do corpo para Balneário, onde será cremado, é opcional para a família.

Lá, todo procedimento é identificado e filmado, e os arquivos ficam à disposição da família por cinco dias. Depois, as cinzas voltam para Florianópolis e podem ser retiradas no novo local, onde é feito um ritual de entrega com mais uma homenagem. “Caso a família preferir as cinzas podem ficar em um dos 50 lóculos disponíveis na sala de memórias para abrigar as urnas de cinzas. Assim como nossas unidades de Curitiba, Balneário e Blumenau, a estrutura ficará aberta 24 horas por dia, inclusive a sala de memórias, para as famílias visitarem as cinzas sempre que quiserem”, afirma a diretora, lembrando que o local é monitorado, climatizado, e possui música ambiente e aroma relaxante para um visita mais leve e segura a qualquer momento do dia ou da noite.

Para Mylena, a nova estrutura em Florianópolis é uma conquista importante para a cidade. “Antes os familiares precisavam se deslocar até Balneário Camboriú, onde fica o nosso crematório, para homenagear o ente querido. Agora o momento difícil da despedida será mais cômodo para todos”. Primeiro crematório de Santa Catarina, o Vaticano chegou ao estado em 2007 ao se instalar às margens da BR 101 em Balneário Camboriú. Em 2013 abriu uma capela em Blumenau e, agora, dá a Florianópolis a mesma oportunidade de uma despedida digna para quem opta pela cremação. Em SC, a procura pela cremação chega a aumentar cerca de 40% ao ano.

OPÇÃO À FALTA DE VAGAS NOS CEMITÉRIOS – Alternativa à DSC02396falta de espaço nos cemitérios, a cremação apresenta-se como uma opção mais prática, simples, barata, ecologicamente correta e que resolve o problema de espaço. “Algumas pessoas levam as cinzas para casa, outras enterram, jogam no mar ou em sítios, ou deixam na sala de memórias. As opções são bastante variadas, é possível fazer diamantes do carbono das cinzas; peças de cristais e até usar urnas biodegradáveis para florescer uma planta junto com elas” explica Mylena Cooper.

O preço médio para a cremação realizada pela empresa é de R$ 3.860,00 e como diferencial inclui a cerimônia de homenagens, transporte do corpo, processo de cremação e urna simples para abrigar as cinzas. No plano preventivo, os valores são mais acessíveis: R$ 3.100,00 com parcelamento próprio em 36 vezes No entanto, para comemorar a abertura do espaço em Florianópolis, o Crematorium Vaticano oferece o plano preventivo a um preço especial para os moradores da região: R$2.500,00. Esse valor pode ser parcelado em até dez vezes sem juros e a promoção é válida até o dia 12 de abril.

 É importante ressaltar que o procedimento não dispensa o velório. “Cada família tem as suas crenças e seus rituais, e a cremação substitui apenas o sepultamento”. O destino final das cinzas é uma decisão da família. Elas podem ser guardadas em casa ou nas Salas de Memórias, espargidas (soltas) ao mar, plantadas, eternizadas em um diamante ou um cristal, enviadas ao espaço ou até mesmo aplicadas numa obra de arte.

COMO FUNCIONA A CREMAÇÃO – Para efetuar a cremação, são retiradas as alças dos caixões e outros metais pesados que, se queimados ou enterrados, possam prejudicar o meio ambiente. O processo de cremação não emite fumaça e a temperatura chega a 900°C. Todo o procedimento segue as normas do Conama – Conselho Nacional do Meio Ambiente, e da FATMA.

A ideia de cremação não é nova. Os historiadores concordam que se iniciou na idade da pedra. Com o passar dos séculos, a prática diminuiu e aumentou, foi condenada e louvada, e avançou de funerais rudes para modernos métodos científicos. Apesar de ser um processo antigo, hoje conta com tecnologia e equipamentos de última geração, e é a forma mais sustentável e ecologicamente correta de despedida.

pomba

RELIGIÕES – A maioria das religiões aceitam a cremação. Os católicos, evangélicos e espíritas são os que mais procuram o processo Para os espíritas, cujas doutrinas exigem que o corpo espere de 48 a 72 horas antes de qualquer processo, o Crematorium Vaticano disponibiliza uma câmara fria para este descanso e só depois de autorizado o corpo vai para a cremação.

.

Sobre o Crematorium Vaticano – Com mais de 85 anos de atuação no ramo funerário, a empresa é pioneira em cremação nos estados do Paraná e Santa Catarina. Entre os serviços disponíveis, além da cremação, estão planos preventivos, capelas para velório, urnas de cinzas biodegradáveis, hidrossolúveis e personalizadas, e sala de memórias para o abrigo das urnas de cinzas. Além disso, oferece com exclusividade o envio das cinzas ao espaço e a transformação de cinzas em diamantes.

A nova estrutura de Florianópolis está localizada na Rua Pastor Wiliam Richard Schisler Filho, 489A., Itacorubi – ao lado do Cemitério Municipal e próximo às funerárias. Mais informações no site www.portalvaticano.com.br ou pelo telefone (48) 3236-0100.

Compartilhar
Posted in Crematório Vaticano, Eventos, Florianópolis, Mídia, Novidade and tagged , , , .