cremação dúvidas

5 dúvidas mais comuns sobre cremação

A cremação é uma alternativa cada vez mais viável e utilizada por diferentes motivos, tais como desejo pessoal declarado em vida, decisão da própria família e até pela falta de espaço em cemitérios. O que tem contribuído para isso também é o trabalho como o do Crematório Vaticano de ajudar a esclarecer todo o processo e, principalmente, desfazer mitos que são criados a partir da falta de informações corretas. Mesmo assim, ainda é muito comum encontrar quem tenha dúvidas sobre cremação. Por isso, reunimos neste post as respostas para as 5 perguntas mais comuns sobre cremação que as pessoas fazem no Google.

Como é a cerimônia de cremação?

A cremação é precedida por uma cerimônia de despedida da mesma forma que ocorre no caso de um sepultamento, com velório e missa de corpo presente, seguindo os desejos e os preceitos religiosos da família. Nas capelas do Crematório Vaticano há um auditório para uma cerimônia de homenagens que ocorre após o velório. Essa homenagem, também feita com o corpo presente, é conduzida por um mestre de cerimônias e pode conter fotos e vídeos do ente querido, falas dos familiares e amigos, músicas selecionadas pela família ou mesmo escolhidas pela pessoa antes de falecer. Ao final, uma chuva de pétalas de rosas cai sobre o caixão e uma cortina se fecha, uma forma simbólica de dar adeus a quem partiu. A família ainda pode acompanhar os primeiros passos da cremação e, após o procedimento, as cinzas são entregues aos familiares.

Como é feita a cremação?

O caixão com o corpo é colocado no forno de alta tecnologia, já sem as alças e outros metais (medida tomada por questões ecológicas). No processo, por causa do fogo e das altas temperaturas, todo o corpo é reduzido a fragmentos de ossos e pó (em forma de cinzas) enquanto todo o material do caixão é consumido, sem deixar resquícios.

Quanto tempo leva uma cremação?

Em um forno com temperatura em torno de 900°C, a cremação leva cerca de 2 horas para ser concluída.

Quanto custa uma cremação?

Custa menos do que muitos imaginam. Na comparação com o processo de sepultamento, a vantagem em termos de custos é que não há necessidade de compra e de manutenção de um jazigo ou gaveta em um cemitério. Mesmo utilizando tecnologia de ponta e oferecendo uma estrutura completa para que a despedida seja especial e inesquecível, a opção da cremação se torna viável. Basta conferir os planos oferecidos pelo Crematório Vaticano. O Plano Preventivo, por exemplo, custa R$ 3.100,00 (para uma cremação), pagos em 36 parcelas, e inclui a cerimônia de homenagem com cerimonialista e chuva de pétalas, além da cremação em si e uma urna para abrigo das cinzas.

O que fazer com as cinzas?

É muito comum que a família opte por guardar as cinzas em uma urna e deixar a urna exposta em casa. Outros, atendendo um pedido do ente querido, escolhem espalhá-la por lugares significativos na vida dele, como praias e até no gramado do estádio do time de futebol do coração. Mas também já é possível transformar as cinzas em diamante, incorporar parte das cinzas em um cristal, jogá-las ao mar ou mesmo plantá-las. Todas essas possibilidades são oferecidas pelo Crematório Vaticano.

Ficou com mais alguma dúvida? Você pode baixar nosso material que explica Tudo o que Você Precisa Saber sobre Cremação clicando aqui ou ainda preencher o formulário abaixo e entrar em contato conosco. Ficaremos felizes em poder esclarecer suas dúvidas.


Compartilhar
Posted in Curiosidades, Novidade and tagged , .