Curitiba/PR: 41 3019-3006 | Bal. Camboriu/SC: 47 3361-0400
Palhoça/SC: 48 3242-3009 | Florianópolis/SC: 48 3236-3006

Homenagem a Nevilde Emilia Zandoná

Data de falecimento: 24/01/2016

Sua simplicidade e humildade são características da região onde nasceu, o sul de Santa Catarina. Naquele tempo carro ainda se chamava carroça, o rádio ainda era novidade e o televisor um boato, afinal era a década de 40. Veio para o Paraná ainda menina, junto com os pais José Arisi e Augusta Estrapazzon, trilharam a estrada esburacada em cima da mudança que mal enchia o carro de boi.

Em Curitiba enfrentou diversos percalços, mas a pobreza lhe proporcionou uma humildade sem tamanho. Conheceu seu único amor em meados de 1960, Waldemar Zandoná (in memoriam). Juntos começaram sua família, dessa junção nasceram quatro filhas: Marilu Zandoná, Isomar Zandoná, Sandra Mara Zandoná e Márcia Zandoná, orgulhosa ela dizia “minhas meninas”.

O trabalho nunca foi um problema, afinal quem cuidou de quatro meninas com poucos anos de diferença sabe bem o quão trabalhoso é. Mas nunca deixou que as dificuldades lhe abatessem, nem mesmo a perca do marido. Cuidou de todos os seus nove netos, e ainda criou uma tradição, foi responsável pelo primeiro banho de todos. Mas por uma infelicidade do destino não pôde conhecer sua primeira bisneta, Alice.

Seu legado está no coração das filhas e dos netos a quem dedicou tanto tempo e todos jamais esquecerão das histórias que se alegrava ao contar, das palavras que dizia em um italiano enferrujado e da saudade que deixou.

24/01/2016

NÓS LIGAMOS PRA VOCÊ!

Como conheceu a Vaticano?*
Portal Vaticano 2018 © Todos os direitos resevados | Por: Agência Nectarina