O que acontece com o perfil de uma pessoa depois que ela morre?

O que acontece com o perfil de uma pessoa depois que ela morre?


Hoje é muito comum a exposição das pessoas nas redes sociais. É como se fosse quase um vício acompanhar o dia-dia dos familiares, amigos, conhecidos e artistas na internet. Mas e quando estas pessoas morrem? Quando a morte é súbita, por exemplo, a comoção virtual é grande, é o momento que o falecido recebe uma enxurrada de mensagens de despedida. E depois? O que acontece com o perfil da pessoa falecida?


O Facebook é uma das principais redes de relacionamentos do momento, e já existe nas configurações onde o usuário pode decidir em vida como ficará sua conta depois que falecer: ele pode optar por um “herdeiro” – escolher uma pessoa para acessar algumas funções administrativas do seu perfil após sua morte bem como  gerenciar publicações de homenagem no perfil, o que inclui decidir quem pode publicar e quem pode ver publicações, excluir publicações e remover marcações, solicitar a remoção da conta, responder a novas solicitações de amizade e atualizar a foto do perfil e foto da capa. O “herdeiro” poderá somente gerenciar publicações feitas após o falecimento da pessoa titular da conta. Se a conta transformada em memorial tiver uma área para homenagens, o "herdeiro" será capaz de decidir quem poderá publicar homenagens. A outra opção é “excluir conta após falecimento” a partir do momento que for comprovado a morte do usuário por meio de solicitação de familiares, amigos ou quando alguém informar o falecimento ao Facebook, o perfil será excluído. 
Se o usuário não configurar em nenhuma destas opções e ser for comprovada a morte por meio de matérias jornalísticas publicadas, ou por meio de documentação oficial digitalizada de óbito enviada para a rede social, a família ou parentes próximos podem pedir a remoção do perfil ou solicitar para ser transformado em um perfil Memorial.

                                           

                                            Perfil Memorial / Fonte: Facebook

                                                            

O que fazer com o perfil no Instagram?
Ao contrário do Facebook no Instagram não tem a opção de excluir o perfil ou escolher um “herdeiro” após falecer. Quando uma pessoa morre é necessário informar ao Instagram para a conta ser transformada em “perfil memorial” ou ser excluída. Somente com documentação oficial do falecido (registro de nascimento e óbito), com links do obituário ou publicações em jornais, serão tomadas as medidas necessárias.
O Instagram tem todo um cuidado e tenta evitar que referências às contas em memorial apareçam na rede social de forma que possa incomodar os amigos ou parentes da pessoa falecida. 


Pesquisas recentes da Universidade de Oxford, no Reino Unido, em 2069, daqui 49 anos haverá mais perfis de pessoas mortas do que vivas no  Facebook. A estimativa leva em conta o fato de que atualmente, as redes sociais contam com 2,2 bilhões de perfis e ao menos oito mil usuários morrem por dia.


Compartilhe essa notícia:

A Vaticano possui a mais completa estrutura para melhor atender seus clientes, contando com Capelas de Velório, Cemitério, Crematórios, Crematórios Pet, Floricultura e Distribuidora de Flores. Buscamos constantemente o aprimoramento no atendimento às famílias enlutadas e de nossos profissionais. Estamos sempre em busca de inovações no setor. É uma empresa de origem familiar, e hoje, é administrada pela terceira geração.