Animais de estimação estimulam crianças a serem mais autoconfiantes

Animais de estimação estimulam crianças a serem mais autoconfiantes

Portal Vaticano 2019-10-09 17:47:50 - Pet

Se para nós adultos os animais já transmitem tranquilidade, e “funcionam” como uma terapia, imagina paras as crianças. Muitos estudos já comprovaram que ter animais de estimação em casa só trazem benefícios.

Promover o relacionamento de uma criança com um bicho de estimação faz com que a intimidade entre eles, muitas vezes, se torne um milagre, podendo ajudar no desenvolvimento social dos pequenos.

Crianças que convivem com animais de estimação conseguem expressar afetividade de uma maneira mais fácil, aprendem regras, como por exemplo, ficando responsáveis em alimentar e dar água para seus pets em determinados horários, isso faz com que eles também se sintam importantes e valorizados. É claro que, os cuidados devem ser sempre supervisionados pelos pais visando o bem-estar de ambos. O companheirismo também ganha um grande destaque nesse relacionamento, pois além das regras com a alimentação, aprendem a ter cuidados com os passeios, com o sono e as necessidades fisiológicas do pet.

É por meio deste relacionamento íntimo com os bichinhos de estimação que as crianças ganham experiências e conseguem compreender o ciclo da vida onde acompanham a gestação do pet, o nascimento, os primeiros passos, o envelhecimento do pet e a morte.

Outra observação relevante e comprovada pela USP (Universidade de São Paulo) que há melhora na imunidade das crianças que convivem com bichos de estimação, é comprovado a redução dos níveis de estresse e da incidência de doenças comuns, como dor de cabeça ou resfriado.

Ou seja, de acordo com várias pesquisas científicas os animais de estimação reduzem a ansiedade e estimulam a autoconfiança. Nos dão responsabilidade, mas acima de tudo, nos dão amor, afeto e lealdade. Afinal, quem resiste uma carinha fofa, peludinha, que gosta de brincar e que nos ama de verdade? Pode ser um gato, um cachorro, um peixe, um passarinho, um coelho ou qualquer outro mascote. Porém, conviver com os animais é compensador e oferece para as crianças muitos momentos de experiências com muita responsabilidade e qualidade de vida.

Dicas de alguns cães dóceis para conviver com crianças:

Shih-tzu, maltês, yourshire, poodle, labrador, Golden-retriever, Cocker, daschund, spitz e o famoso “SRD”, sem raça definida, o vira-lata.

A Vaticano possui a mais completa estrutura para melhor atender seus clientes, contando com Capelas de Velório, Cemitério, Crematórios, Crematórios Pet, Floricultura e Distribuidora de Flores. Buscamos constantemente o aprimoramento no atendimento às famílias enlutadas e de nossos profissionais. Estamos sempre em busca de inovações no setor. É uma empresa de origem familiar, e hoje, é administrada pela terceira geração.

2º via Boleto