Como homenagens e lembranças ajudam no processo do luto

Como homenagens e lembranças ajudam no processo do luto

Vocali 2019-09-12 16:19:00 - Luto

Homenagear e lembrar os entes queridos  que morreram sempre foi uma prática comum ao ser humano. Ao longo da história, povos de diferentes regiões, culturas e religiões desenvolveram seus próprios rituais de despedida de quem partiu. 

Muitas dessas celebrações se estendiam para além do momento da morte. Os egípcios evoluíram  suas técnicas de mumificação para preservar os corpos e garantir a passagem dos mortos para outra vida. Na Roma Antiga, era comum que se depositassem objetos de uso pessoal e alimentos nas tumbas pois acreditava-se que o morto continuaria a viver ali.

Da mesma forma, costumes e eventos que se mantém até hoje como o Dia de Los Muertos no México, o Festival das Lanternas no Japão e Dia de Finados ajudam a manter viva a memória de quem partiu ao mesmo tempo em que são formas que os vivos têm de encarar sua própria finitude.

Mas além da diversidade de celebrações culturais, cada pessoa também  tem a própria forma de lidar com a morte e recordar quem já partiu. “Falar sobre a finitude da vida pode ser tarefa de muitos, mas o entendimento da morte é tarefa própria, pertence a cada um de nós. Que possamos então entender essa verdade, que por algum tipo de caminho chegará até nós”, explica o psicólogo Geraldo Vieira de Magalhães em seu artigo Superando o luto.

Algumas pessoas se sentem mais confortáveis guardando as cinzas de um ente querido em casa ou tendo muitas fotos e objetos pessoais por perto. Outras, por sua vez, não conseguem lidar com essa “presença” visível de quem partiu.

Por conta disso, empresas como a Vaticano oferecem diversas opções de lembranças e homenagens para que os familiares e amigos possam manter viva a memória de um ente querido que faleceu. Confira algumas delas:

Diamantes e cristais: são peças feitas a partir das cinzas da cremação e/ou de cabelos. 
No caso do diamante, a peça é produzida a partir de um sistema que recria alta pressão e temperatura para converter carbono em diamante. Já os cristais tem parte das cinzas incorporadas em sua produção e podem ser moldados em tamanhos e formatos variados como peças decorativas ou pingentes. 

Leia mais: Fios de cabelo podem ser transformados em diamantes

Sala de memórias: espaço onde é possível alocar nichos que acomodam as urnas cinerárias e até mesmo objetos pessoais de que se foi. É uma alternativa para quem não se sente bem em ter as cinzas em casa ou possui a necessidade de ter um lugar especial para visitação póstuma.

Leia mais: Sala de Memórias é opção para as famílias guardarem as cinzas

Cerimônias de despedida: chuva de pétalas, violinista, mensagens, vídeos de conforto e revoadas de pombas brancas são alguns dos elementos que podem estar presentes nas cerimônias de despedida das Capelas Vaticano. As homenagens são feitas de acordo com o desejo e crença religiosa da família e também podem conter músicas e objetos que tragam boas lembranças de quem partiu. 

Leia mais: Lembranças ajudam a confortar família e amigos na cerimônia de despedida

Integração com a natureza: urnas feitas com compostos orgânicos e que podem ser plantadas com sementes de árvores nativas são uma opção para quem deseja um ritual de contato e conexão com a natureza. Da mesma forma, urnas hidrossolúveis permitem que as cinzas sejam lançadas ao mar sem qualquer risco ao meio ambiente. 

Leia mais: Urnas biodegradáveis facilitam despedida ecologicamente correta

Independentemente da forma ou ritual escolhidos, as homenagens e lembranças são gestos de amor e carinho dos familiares e amigos para quem faleceu e também de apoio mútuo. São uma forma de fechar ciclos, vivenciar o processo do luto e ter a memória de alguém querido sempre presente. 
 

A Vaticano possui a mais completa estrutura para melhor atender seus clientes, contando com Capelas de Velório, Cemitério, Crematórios, Crematórios Pet, Floricultura e Distribuidora de Flores. Buscamos constantemente o aprimoramento no atendimento às famílias enlutadas e de nossos profissionais. Estamos sempre em busca de inovações no setor. É uma empresa de origem familiar, e hoje, é administrada pela terceira geração.

2º via Boleto