Iguanas como pets e seus cuidados específicos!

Portal Vaticano 2021-05-12 22:09:00 - Pet

A iguana é um lagarto (réptil) facilmente encontrado nas Américas. No Brasil, vive em todos os biomas, ou seja, está em todo país, surgiu na época dos dinossauros. Também conhecida como iguana verde, apresenta uma coloração que varia entre verde e marrom e pode medir cerca de um metro e 80 centímetros de comprimento. É um animal “arborico” possui garras enormes que servem exatamente para escalar árvores, basicamente vive nas copas das árvores onde têm mais facilidade de se alimentar de frutas e folhagens mais escuras, pois está na classe dos animais herbívoros onde come frutas, legumes, verduras e quando filhotes, eles podem até comer pequenos insetos e pequenos roedores. Porém, na fase adulta, não são onívoros e nem carnívoros. Na natureza esse animal pode viver até 20 anos, em cativeiro pode chegar a 30, 35 anos. É confundindo muito com camaleão que possui um porte menor e tem a facilidade de mudar a coloração, de se camuflar, no ambiente onde vive.

Iguanas se alimentam de frutas, verduras, legumes e folhas/ reprodução IguanaBH

 

Embora seja um animal exótico, ele pode se tornar um grande bicho de estimação. Lembrando que o pet pode até morrer se não tiver os cuidados adequados. Sabemos que a parte da alimentação desses bichinhos é mais tranquilo, portanto, separamos alguns cuidados mais específicos no ambiente onde vai viver.

Então, quais são esses cuidados?

Cativeiro com espaço grande/ foto reprodução  Meu amigo Exótico/ wordpress

 

Criando o clima certo - Ofereça muita luz a iguana, para se manter saudável, ela tem que ter acesso a certos tipos de luz. Mais especificamente a lâmpada UVB UVA que possui a radiação que substitui o sol. Pois a deficiência de vitamina D no animal pode desenvolver uma série de problemas de saúde no animal. Além da lâmpada UVB que deve iluminar todo o viveiro, coloque uma luz de 30 a 46 centímetros acima da área onde a iguana se aquece para fazer a digestão.

Instale uma fonte de calor – Já que na maioria dos climas onde vive é mais frio do que o habitat nativo, é muito importante instalar uma fonte de calor para aquecer o pet, pois a iguana não vive em locais frios. A temperatura mais fria do viveiro deve ficar entre os 24 e 27 graus. E a área mais quente, entre os 35 e 38 graus.

Instale termostatos no viveiro – Um deve ficar no meio da área do viveiro e o outro na beirada do ambiente. Assim, é possível monitorar a temperatura em diferentes locais da gaiola que ajuda a ter certeza que as diferenças térmicas são ideais para a iguana.

Crie um local aquecido- Trata-se de um aspecto essencial do viveiro, pois será nesse local que a iguana irá se deslocar quando quiser calor e luz. Sem um ponto aquecido não é possível simular com êxito as características do habitat natural deste réptil. O local aquecido deve contar com uma superfície grande e plana onde a iguana possa se deitar.

Equipar o viveiro – Quanto maior a gaiola, melhor. O pet precisa de bastante espaço para viver confortavelmente. Se não for dessa maneira, a iguana pode adoecer e ficar deprimida.

Espalhe o substrato na base do viveiro- Pode ser utilizado como base para o viveiro tapetes, jornais picados, roupas de cama cortadas, entre outros. Evite casca de árvores, aparos de madeira, madeira tratada ou plástico.

Providenciar objetos para o viveiro – Sim, a iguana precisa escalar superfícies, trepar em objetos, pois seus habitats naturais são bem arborizados. Coloque galhos de árvores grandes ou plataformas específicas dentro do viveiro. Espalhe também algumas pedras grandes onde ela possa subir. Lembrando que todos estes acessórios devem ser robustos o bastante para suportar o peso da iguana.

Crie um esconderijo – Quando a iguana se sente nervosa ou ameaçada ela procura um lugar para se esconder. Sem onde se “proteger” ela se sentirá vulnerável e poderá ficar doente. A dica e montar um esconderijo com uma caixa de madeira sobre pedras, imitando uma caverna, este ambiente é muito relevante para o viveiro.

Coloque pequenas plantas no viveiro- As plantas transformarão o lar da iguana num ambiente saudável e interessante que simula a vida selvagem.

Como adquirir uma iguana?

Uma iguana pode virar pet somente com a autorização do IBAMA. Procure cativeiros específicos, fale com vendedores autorizados pelo IBAMA e que tenham o certificado de manejo e microchip. Vale lembrar que uma iguana capturada direto da natureza pode ser agressiva colocando em risco a convivência familiar. Além de conviver com um animal perigoso de forma ilegal, você estará contribuindo com o tráfico de animais. Você pode ter uma iguana como pet, mas tenha de forma legal, e boa sorte!

Redação Vaticano

Fonte: Internet

 

 


Compartilhe essa notícia:

A Vaticano possui a mais completa estrutura para melhor atender seus clientes, contando com Capelas de Velório, Cemitério, Crematórios, Crematórios Pet, Floricultura e Distribuidora de Flores. Buscamos constantemente o aprimoramento no atendimento às famílias enlutadas e de nossos profissionais. Estamos sempre em busca de inovações no setor. É uma empresa de origem familiar, e hoje, é administrada pela terceira geração.