Conheça um pouco sobre essa raça - Lhasa Apso que é uma fofura!

Baixinho, peludo, cheio de personalidade e uma carinha irresistível, o Lhasa Apso tem porte pequeno, mas se acha um gigante. Por ter sido criado como cão de guarda, lá no Tibet, na Cordilheira do Himalaia essa raça não leva desaforo para a casa. Tem uma personalidade fortíssima, se não for educado da forma correta, esse bichinho pode ficar muito teimoso. Seu instinto protetor e um pouco territorial quando no colo do tutor, nenhum ser vivo consegue chegar perto, pois sua arma de defesa é latir alto, rosnar ou até morder. O lhasa leva sua tarefa de protetor muito a sério devido sua origem e mesmo assim sua amizade vale ouro, é parceiro em tudo que seu amigo humano for fazer, principalmente segui-lo pela casa. Ele adora passar o tempo com sua família e demonstra bastante carinho.

Imagem/ Internet

Porém, não faz tudo para agradar seu dono, sua independência é natural, assim como sua inteligência. Diferente como a maioria das raças, ele não precisa de muito exercício, é bem feliz vivendo dentro de casa, caminhadas curtas durante o dia já serão o suficiente para suprir suas necessidades físicas. Se você mora em apartamento e pensa em ter um companheiro canino o lhasa pode ser uma ótima opção, visto que ele raramente sofre com ansiedade da separação. Considere sua natureza protetora e não fique frustrado se ele não responder ao treinamento nas primeiras tentativas. O pelo do lhasa pode ser mantido curto ou mais longo, mas é importante fazer uma tosa higiênica, os banhos são recomendados, para que ele fique sempre cheiroso. Assim como a escovação do seu pelo tem que ser diária.

Lhasa Apso com pelo tosado - pelo curto  / Imagem Internet

Lhasa Apso com  pelo longo  / Imagem Internet

Para evitar problemas genéticos, busquem sempre criadores responsáveis, especialistas na raça que garantem filhotes saudáveis e preparados para crescerem junto com você. Se dá muito bem com as crianças, porém é importante manter uma supervisão uma vez que o cãozinho pode não ter paciência com algumas brincadeiras, mas vale lembrar que isso não é uma regra. Essa raça já tem instinto de líder, portanto, se o tutor não demonstrar liderança e não ensinar quem manda no pedaço, se isso acontecer, vai ficar muito mais difícil ensinar o pet e será preciso reconquistar a confiança do bichinho. Já sobre a saúde do lhasa tem que ter todo um cuidado ao viajar com ele, pois a braquicefalia  deve ser levada a sério, e viagens de avião são desaconselháveis. Sua visão fica muito prejudicada se os pelos ficarem muito compridos na região dos olhos ainda sobe a pelagem é comum que a raça desenvolva problemas de pele, normalmente são ligadas à sua alimentação ou o contato com fatores internos. Caso note algum problema com seu cãozinho, consulte um médico veterinário de confiança.

Um show de fofuras - Filhotes de Lhasa Apso / Imagem Internet

Considerando toda a sua fofura, dedicação e inteligência à sua família, não é de se espantar que o lhasa apso é uma raça das raças mais populares do Brasil.

Cores do Lhasa Apso

Segundo o padrão oficial, o Lhasa pode ter uma grande variedade de cores (dourado, areia, mel, mesclado escuro, cinza escuro, ardósia, malhado, esfumado, particolor, preto, branco, marrom e castanho.

Cães de pelagem longa nascem mais escuros e vão ‘clareando’ conforme o pelo cresce. Exceção apenas para o branco e alguns pretos. Pois inclusive no preto, há chances de se tornar cinza

Expectativa de vida

De 12 a 15 anos.

Fonte - Internet


Compartilhe essa notícia:

A Vaticano possui a mais completa estrutura para melhor atender seus clientes, contando com Capelas de Velório, Cemitério, Crematórios, Crematórios Pet, Floricultura e Distribuidora de Flores. Buscamos constantemente o aprimoramento no atendimento às famílias enlutadas e de nossos profissionais. Estamos sempre em busca de inovações no setor. É uma empresa de origem familiar, e hoje, é administrada pela terceira geração.