E aí, os cães tem vitiligo?

Os cães podem ter sim, o vitiligo. E como se identifica essa doença nos bichinhos? Assim como nos seres humanos, a pele do pet começa a despigmentar, vai ter áreas mais brancas. Mas existem cachorros que são pretinhos e já nascem com áreas mais brancas, isso é normal. Portanto, como diagnosticar a doença nesses animaizinhos? Pois o cachorrinho que tinha uma pelagem mais escura e depois com o tempo ficou com algumas partes mais claras, é uma grande característica de ser vitiligo.

Geralmente o vitiligo em cães começa em volta dos olhos, perto do focinho e pode surgir no corpo inteiro.Porém, existem algumas raças que tem mais predisposição que outras, como por exemplo, o rottweiler. E como saber de como o pet adquiriu essa doença? Bom, o vitiligo surge por meio de uma característica genética, onde normalmente o pai do pet tem, o avô dele teve, ou seja, um cãozinho dentro da família desse pet que possui a doença, tinha ou teve a doença. E o vitiligo é grave?  Embora seja uma doença dermatológica que não tem cura, não é grave. Pois não há quedas dos pelos, não há coceira, alteração na textura da pele, somente a despigmentação dos pelos.

E como identificar se o seu cachorro tem vitiligo?

Cãozinho com vitiligo. Imagem/ internet

Cãozinho com alteração senil (velhice). Imagem/ internet

Primeiro, se o cachorrinho tinha uma pelagem toda preta, marrom, ou escura, e de uma hora para outra aparece uma mancha branca, geralmente ao redor do olho, pode ficar atento. Porque não é normal o animal ficar com uma mancha branca no corpo. Lembrando quando os animais vão ficando mais velhinhos sua pelagem começa a esbranquiçar, principalmente no rosto, porém, é uma alteração senil, o que é totalmente diferente. E segundo, levar o pet para uma avaliação de um médico veterinário.

Cuidados

O vitiligo não é uma doença contagiosa e afeta somente a aparência do pet não comprometendo sua saúde física. Embora não tenha um tratamento específico, um dos principais cuidados é com a exposição ao sol. Pois a pele nas áreas brancas é despigmentada e se não cuidar, o pet pode sofrer queimaduras. Uma dica é aplicar protetores solares sempre com prescrição de um médico veterinário.

 

Texto Alethea Corrêa

Fonte: internet

 

Veja também

Algumas curiosidades sobre o mundo dos cães!

Link: https://www.portalvaticano.com.br/noticias/cinco-curiosidades-caes

 

 

 

 


Compartilhe essa notícia:

A Vaticano possui a mais completa estrutura para melhor atender seus clientes, contando com Capelas de Velório, Cemitério, Crematórios, Crematórios Pet, Floricultura e Distribuidora de Flores. Buscamos constantemente o aprimoramento no atendimento às famílias enlutadas e de nossos profissionais. Estamos sempre em busca de inovações no setor. É uma empresa de origem familiar, e hoje, é administrada pela terceira geração.